Polícia

Assassinado durante festa de Natal havia matado rapaz a tiros um mês antes

Polícia esclareceu os dois casos

Renata Portela Publicado em 25/02/2016, às 13h11

None
preso.jpeg

Polícia esclareceu os dois casos

No início de fevereiro, Anderson Aponte Vargas, de 22 anos, o 'Buguinho', foi preso mediante mandado de prisão pelo homicídio de Albert Marques Pereira de Souza, também de 22 anos, o 'Amarelinho'. O crime ocorreu no dia 25 de dezembro de 2015, durante uma festa comemorativa de Natal no Jardim Noroeste.

Segundo o delegado Fabiano Nagata, titular da 3ª Delegacia de Polícia Civil, Anderson declarou que tinha uma rixa antiga com Albert, por conta de envolvimento com drogas e briga entre gangues. Conforme o delegado, autor e vítima andavam armados no Jardim Noroeste, ameaçando populares.

No dia do crime, Anderson foi até a casa de Albert para tirar satisfações e os dois começaram a discutir e trocaram tiros. O irmão de Albert ainda foi tirar satisfações e acabou ferido a tiros na perna.

De acordo com a polícia, a arma usada para matar Albert não foi encontrada, mas a arma dele, um revólver calibre 38, foi apreendida. O rapaz, vítima de homicídio, estava foragido por ter cometido outro homicídio no dia 31 de outubro, ocasião em que teria matado Jacinto da Silva Gamarra, o 'Gordinho'.

Ainda segundo a polícia, Anderson tem várias passagens por tráfico de drogas, corrupção de menores, furto, roubo, lesão corporal, ameaça e porte ilegal de arma de fogo. Albert tinha passagens por roubo, tentativa de homicídio, homicídio e evasão do local de custódia. Anderson responderá por homicídio.

Jornal Midiamax