Polícia

Adolescente recarrega celulares de presos e acaba apreendido

O garoto não tinha dinheiro para pagar

Renata Portela Publicado em 24/06/2016, às 13h57

None
menor_preso-gw.jpg

O garoto não tinha dinheiro para pagar

Na tarde de quinta-feira (23), adolescente de 17 anos foi apreendido em flagrante em Naviraí, cidade a 359 quilômetros de Campo Grande. Ele teria aplicado um golpe de estelionato após ser vitima também de um golpe e recarregar celulares de detentos.

Segundo informações da polícia, o adolescente foi até um posto de combustível no município e pediu para a atendente colocar créditos em um número de celular. Em seguida ele começou a informar outros números que deveriam ser recarregados e a atendente desconfiou, já que alguns números tinha códigos de área de outros estados.

A mulher acionou a Polícia Militar, que foi ao local. Os policiais encontraram o adolescente ainda no posto, tentando inserir créditos em outros aparelhos. Indagado se tinha dinheiro para pagar as recargas, ele disse que não, conforme apurado pelo site Tá Na Mídia Naviraí.

O adolescente então relatou aos policiais ter recebido ligação de uma operadora de celular e o atendente teria dito que ele ganhou um prêmio, mas que para receber deveria colocar créditos nos números que o atendente passou. Ao todo foram passados números de 10 telefones celulares, com códigos de área 67, 85 (Ceará) e 11 (São Paulo). Os telefones seriam de detentos que aplicaram golpe no adolescente.

Sem dinheiro para pagar os R$ 115, o adolescente poderá responder por estelionato. Ele foi apreendido e encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia Civil.

Jornal Midiamax