Polícia

‘Vovó do tráfico’ diz que vendia droga para complementar aposentadoria

Traficante de 72 anos era dona de boca no Tijuca

Midiamax Publicado em 09/04/2015, às 12h42

None
img-20150409-wa0026.jpg

Traficante de 72 anos era dona de boca no Tijuca

A aposentada Nadir Benitez Ferreira, de 72 anos, mais conhecida como vovó do tráfico, foi presa nesta semana em Campo Grande. Ela vendia drogas em sua residência, na região do Bairro Tijuca, para complementar sua renda, já que a aposentadoria seria insuficiente. Ela disse à polícia que este dinheiro era usado para comprar alimentos.

De acordo com o delgado Sartori, da Denar (Delegacia Especializada em Repressão ao Narcotráfico), a idosa era acima de qualquer suspeita e a polícia só levantou suspeitas porque houve denúncias de que na casa de Nadir funcionava um ponto de drogas.

Depois disso, a polícia passou a monitorar os passos da idosa e a movimentação no local. Assim, na última quarta-feira (8), Nadir foi abordada e permitiu que os agentes revistassem sua casa.

No imóvel, a polícia encontrou 1,6 quilo de maconha em tabletes acompanhados de R$ 2.800

A polícia informou que a traficante tinha clientes seletos e fiéis. Já a lista de fornecedores ainda está sendo levantada pelos policiais.

A idosa era para ter sido apresentada para a imprensa na Denar, na manhã desta quinta-feira (9), mas sua advogada achou melhor não expor sua cliente.

Jornal Midiamax