Polícia

Uma tonelada apreendida: mercado é fechado por ‘excesso de vencidos’

A fiscalização foi feita em supermercados e abatedouros

Diego Alves Publicado em 14/05/2015, às 21h42

None
carneapreendida.jpg

A fiscalização foi feita em supermercados e abatedouros

Policiais da Decon (Delegacia de Repressão aos Crimes de Consumo), e fiscais da Vigilância Sanitária Estadual e Municipal e Iagro, apreenderam mais de uma tonelada de produtos impróprios para consumo e fecharam um supermercado, em operação realizada entre os dias 5 e 9 de maio na região de Fátima do Sul, 237 quilômetros de Campo Grande.

A fiscalização de prevenção e repressão foi feita em supermercados e abatedouros clandestinos, visando combater a venda de produtos impróprios para consumo e abate clandestino de animais.

A ação conjunta resultou na apreensão e destruição de mais de uma tonelada de mercadorias, entre elas, produtos de origem animal, vegetal e perecíveis em geral, que apresentaram diversas irregularidades. Um supermercado chegou a ser interditado pela vigilância sanitária, em virtude do excesso de mercadorias com prazos de validade expirados, expostos à venda.

 A maioria das irregularidades é de armazenamento inadequado, prazos de validade expirados, temperatura de mercadorias em desconformidade com as normas sanitárias, dentre outras infrações.

Ainda durante a operação, em barreira na rodovia, os policiais civis recuperaram uma picape Fiat Strada que foi roubada. O condutor do veículo foi preso e autuado em flagrante por receptação.

Jornal Midiamax