Polícia

Uma das vítimas de acidente fatal na BR-060 era filho de policial do pelotão de Nioaque

A criança estava com a mãe e o irmão

Midiamax Publicado em 23/06/2015, às 20h44

None
sidrolandia_news.jpg

A criança estava com a mãe e o irmão

Uma das vítimas do acidente fatal que ocorreu na Km 460 da BR-060, que fica no trecho entre Nioaque e Sidrolândia, foi identificada como sendo filho de um policial do pelotão de Nioaque, cidade a 187 quilômetros de Campo Grande.

A criança estava no veículo juntamente com a mãe, que é ex-esposa do militar, juntamente com o caçula, um bebê, fruto do segundo relacionamento. Os nomes das vítimas foram preservados.

No carro que foi incendiado ao sair da rodovia após a colisão com um caminhão estava uma mulher e os filhos de 8 anos e um bebê. Eles não conseguiram sair do automóvel que acabou sendo consumido pelas chamas no Km 460 da BR-060, que fica entre Nioaque e Sidrolândia.

Acidente

A condutora do carro em que estava às crianças teria parado na via por conta da fumaça da queimada que impedia a visibilidade. Porém, o caminhão carregado de banana que vinha logo acabou colidindo com o automóvel. Com o impacto, o veículo foi arremessado para o meio do incêndio que estava nas margens.

Simultaneamente uma Pajero que vinha em sentido oposto também parou na via por conta da fumaça, entretanto, a carreta de combustível que vinha logo atrás acabou atingindo a caminhonete.

As demais vítimas foram identificadas, como: Herbert Lima, de 52 anos, e a esposa, Dayane Cristina Soares Lima, de 28 anos, além de Rosa da Hora Silva, de 46 anos, Jorge Romero Fernandes, de 47 anos, e Jeuzimar Mendes de Araujo, de 30 anos, que foram encaminhados para o hospital Dona Elmíria Silvério Barbosa, localizado em Sidrolândia, cidade a 64 quilômetros a sudoeste de Campo Grande.

Jornal Midiamax