Polícia

Trabalhador morre atingido por motosserra ao cortar eucalipto

Perícia foi ao local para verificar os fatos

Isaias Domingues Publicado em 10/04/2015, às 01h25

None
trabalhador.gif

Perícia foi ao local para verificar os fatos

Raimundo Nonato da Silva, conhecido como “Cabelo”, de 52 anos, morreu por conta de um acidente de trabalho no momento em que cortava um eucalipto com uma motosserra, em uma fazenda localizada no Km 230 da MS 306 em Costa Rica, 306 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o site Eu Conto Tudo, a vítima cortava madeira na fazenda no momento do acidente. Raimundo chegou a ser socorrido por trabalhadores e levado à Fundação Hospitalar, onde chegou sem vida.

Ferramenta perigosa

A motosserra, ao lado da desfribadora de sisal e do trator agrícola, está entre as máquinas utilizadas na zona rural do Brasil mais perigosas para os trabalhadores, segundo informações da UFRRJ.

Apesar do perigo, os benefícios que representa no rendimento operacional tornam a motosserra quase indispensável nas fazendas de Mato Grosso do Sul. O equipamento ganhou força ainda com o avanço das plantações de eucalipto. Os principais riscos estão ligados a ferimentos com a lâmina, ruídos e vibrações, corte e queda da árvore.

A máquina é tão perigosa que mereceu um Anexo na Norma NR-12 do Ministério do Trabalho. Entre os Equipamentos de Proteção Individual – EPI recomendados para o operador de motosserras estão: capacete, óculos, protetor auricular (de concha), macacão, luvas e botas.

A máquina em si, por Norma, deverá possuir os seguintes dispositivos de segurança:

  • a) freio manual de corrente
  • b) pino pega corrente
  • c) protetor de mão direita
  • d) protetor de mão esquerda e
  • e) trava de segurança do acelerador.

Ainda segundo as Normas, todas as motosserras só deverão ser comercializadas com o relativo Manual de Instruções, contendo informações relativas à segurança e à saúde do operador, especialmente:

  • a) riscos de segurança e saúde ocupacional;
  • b) especificações de ruído e vibração; e
  • c) penalidades e advertências.

Há que ser oferecido, também, um Treinamento Obrigatório para os Operadores de Motosserras, com carga horária mínima de 8 (oito) horas, com conteúdo programático relativo à utilização segura da motosserra, constante do Manual de Instruções.

Todos os modelos de motosserras (diz ainda a Norma) deverão conter, em local bem visível, a seguinte advertência:

O uso inadequado da motosserra pode provocar acidentes graves e danos à saúde.

Jornal Midiamax