Polícia

Suspeito de matar desafeto por venda de imóvel é condenado a 4 anos de prisão

Crime aconteceu no dia 13 de março de 2005, em Campo Grande

Wendy Tonhati Publicado em 14/04/2015, às 21h30

None
forum_de_cg-.jpg

Crime aconteceu no dia 13 de março de 2005, em Campo Grande

Foi condenado a quatro anos de prisão Ivan Lopes de Andrade, suspeito de matar Walace Cardoso de Carvalho, no dia 13 de março de 2005, no Jardim Bonança, em Campo Grande.

De acordo com o TJ MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), ele foi condenado à reclusão em regime aberto pelo crime de homicídio simples. O julgamento faz parte do mutirão da 2ª Semana Nacional do Tribunal do Júri.

Os suspeitos estavam em um bar, quando Michel se desentendeu com a vítima em razão da negociação de um imóvel. Ivan e o comparsa teriam ido até a casa de Walace, onde o aguardaram escondidos em um matagal próximo. A vítima foi surpreendida pelas costas.

Michel não foi inserido no processo, pois se encontra em lugar incerto, provocando o desmembramento do caso.

Os jurados, por maioria dos votos declarados, condenaram o réu por homicídio simples, afastando as qualificadoras de motivo torpe e do recurso que dificultou a defesa da vítima, reconhecendo a participação de menor importância no crime.

Jornal Midiamax