Polícia

Secretário de Segurança discute policiamento em aldeias com líderes indígenas

MS tem atualmente 30 municípios que possuem aldeias

Diego Alves Publicado em 11/07/2015, às 00h44

None
foto.jpg

MS tem atualmente 30 municípios que possuem aldeias

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf, recebeu representantes dos movimentos indígenas e da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) na tarde desta sexta-feira (10), no gabinete da Sejusp, em Campo Grande, para discutir questões relativas ao policiamento nas aldeias do Estado, em especial aquelas localizadas  nas áreas urbanas.

Mato Grosso do Sul tem atualmente 30 municípios que possuem aldeias, sendo as situadas nas cidades de Amambai, Caarapó, Dourados e Iguatemi apontados pelos próprios líderes como mais críticas. “Do total de mortes registradas nas aldeias, 30% estão relacionadas à causas externas como o uso do álcool e o consumo de drogas”, afirma o indígena Sílvio Ortiz, que representou o Conselho de Saúde Indígena na reunião.

O secretário Sílvio Maluf destacou que a segurança pública é prioridade do atual Governo, que vem debatendo o tema e buscando soluções para os problemas existentes, mas pontuou que especificamente no interior das aldeias indígenas o policiamento por parte do Estado não é tão simples como parece. “Qualquer atendimento nas aldeias deve ser previamente comunicado à Fundação Nacional do Índio, o que praticamente inviabiliza as ações da polícia”, lembrou.

Jornal Midiamax