Polícia

PRF flagra idoso que comprou CNH porque não conseguiu passar no Detran

Idoso pagou R$ 2 mil pelo documento

Thatiana Melo Publicado em 17/05/2015, às 18h37

None
pescador_1.jpg

Idoso pagou R$ 2 mil pelo documento

Pescador, de 66 anos, identificado como J.P.C, foi preso no sábado (16), pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) portando carteira de habilitação falsificada, na BR-158 em Brasilândia, distante 352 quilômetros de Campo Grande.

O veículo Ford Belina, placas BLH-7791, Dracena/SP foi parado em uma fiscalização em frente ao posto fiscal. Durante a verificação, os policiais observaram que o documento era falsificado. Quando questionado sobre o documento, o idoso afirmou ter comprado o documento em Panorama/SP há 2 meses.

De acordo com informações da polícia o condutor teria comprado por R$ 2 mil pelo documento. Aos policiais alegou que comprou a CNH por que não conseguia aprovação no exame escrito do Detran.

O condutor foi encaminhado para  a Delegacia da Polícia Federal de Três Lagoas, e preso em flagrante por crime de documento falso, com pena prevista de 2 a 6 anos de reclusão.

Jornal Midiamax