Polícia

Preso líder de quadrilha que atuava em MS e causou prejuízo de R$ 7,3 milhões

As prisões ocorreram nos dias 22 e 23 de outubro

Diego Alves Publicado em 27/10/2015, às 03h30

None
tratores-foto-pjc.jpg

As prisões ocorreram nos dias 22 e 23 de outubro

Antônio José da Costa, conhecido como “Cabecinha”, considerado o líder da maior quadrilha de roubos de cargas de Mato Grosso que deu um prejuízo de R$ 7,3 milhões, foi preso em Várzea Grande (MT). Paulino João da Costa, outro integrante da quadrilha também foi preso. As prisões ocorreram nos dias 22 e 23 de outubro.

“Cabecinha”, chefe do bando que também agia em Mato Grosso do Sul, foi detido pela Derrfva (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores).Na ação, uma carga de óleo de cozinha avaliada em R$ 80 mil e dois tratores avaliados em R$ 320 mil foram apreendidos.

 Segundo o delegado Wagner Bassi Júnior, as investigações apontam que os caminhões eram levados clonados para Rondônia, Mato Grosso do Sul, e Pará. “Após ser subtraída, a carga era transferida para outro caminhão e levada para o destino final, já que normalmente a mercadoria era sob encomenda”, explica o delegado.

O grupo investigado desde o início do ano tem envolvimento em pelo 18 roubos de cargas, caminhões e causaram prejuízos de aproximadamente R$ 7,3 milhões para as vítimas, informou a polícia.

Os crimes eram cometidos sempre com a mesma forma de ação, ou seja, o veículo que teria a carga roubada era escolhido, passava a ser monitorado e acompanhado pelos integrantes da quadrilha.

Jornal Midiamax