Polícia

Prefeito elogia Centro Pediátrico, mas é constrangido com crítica de paciente indignada

Paciente não escondeu descontentamento após ficar quatro horas aguardando exame

Midiamax Publicado em 05/01/2015, às 15h36

None
20150105_110419.jpg

Paciente não escondeu descontentamento após ficar quatro horas aguardando exame

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), passou constrangimento na manhã desta segunda-feira (5), durante visita ao Centro Municipal Pediátrico. Logo na entrada o prefeito foi conversar com pacientes e passou vergonha ao elogiar o atendimento no local.

“Está bom né?”, perguntou o prefeito a uma das pacientes. Mas, a resposta não foi de acordo com o que ele imaginava. “Não está bom não. Estou aqui desde as 7 horas da manhã”, respondeu  Rosângela Medina, que aguardava havia quatro horas.

“Mas exame é assim mesmo”, respondeu o prefeito, tentando disfarçar o constrangimento. A paciente disse à reportagem que esperava havia quatro porque o Centro Pediátrico estava com problema na internet. Os exames são necessários para dizer se a filha dela está com infecção intestinal. “Já foi bom. Mas, hoje, não tem como não reclamar”, justificou.

O prefeito foi ao Centro Pediátrico para lançar o Centro de Especialidades Médicas Pediátricas (CEMPE), que a partir de amanhã passa a funcionar no local. Com isso, a expectativa é de que pelo menos 20 especialistas atendam a consultas agendadas.

O atendimento antes era feito na Vila Rica. Agora, pacientes que precisam de endocrinologista, oftalmologista, psicólogo e até nutricionistas serão encaminhados ao CEMPE. A previsão é aumentar o atendimento, que antes era feito das 7 as 17 horas e agora passa a funcionar até as 21 horas, incluindo finais de semana. 

Falha no sistema

Em contato telefônico no final da tarde, a Assessoria da Prefeitura informou que a demora no atendimento da paciente se deveu mesmo a falah no sistema de computadores, mas explicou que um funcionário foi pessoalmente ao laboratório para buscar os exames de todos os que aguardavam resultados. De acordo com a assessoria, os atendimentos foram todos concluídos.

Jornal Midiamax