Polícia

Polícia prende suspeito de matar jovem homossexual em Caarapó

O jovem de 19 anos confessou o crime e deve responder por latrocínio

Midiamax Publicado em 04/01/2015, às 18h51

None
1002191425_108861208857894981226441919061594o.jpg

O jovem de 19 anos confessou o crime e deve responder por latrocínio

Edmilson Pereira Ramos, de 19 anos, foi preso na tarde deste sábado (3) suspeito de roubar e matar Wagner Araújo da Purificação, de 21 anos, assassinado na madrugada do dia 1º deste mês em Caarapó, distante a 273 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o site CaarapoNews, a Polícia Civil da cidade recebeu informações que o jovem, conhecido como “Cuenca”, estaria fugindo para a aldeia Te’Yikuê. Em diligência na região da reserva indígena, os policiais localizaram Edmilson próximo a uma mata e efetuaram a prisão.

“Cuenca” confessou ter assassinado Wagner para roubá-lo e levou a polícia até o local onde estavam escondidos a arma usada no crime e os pertences da vítima.

O jovem deve responder por latrocínio, roubo seguido de morte. Além disso, pode ser acusado de homofobia, já que segundo a irmã, quando questionado sobre o celular roubado teria respondido: “celular de viado, eu tinha que matar ele mesmo”.

A investigação continua para saber se outro irmão de Edmilson estaria envolvido no crime, como foi apurado inicialmente. A suspeita é que um dos irmãos tenha atraído à vítima e mantido relação sexual com ela enquanto o outro teria cometido o crime.

Caso

Wagner foi encontrado morto por populares, em frente a uma construção na área central do município, com dois golpes de faca no pescoço e sem a carteira e o aparelho celular.

O corpo foi encontrado com sinais de violência sexual e a perícia coletou esperma dos suspeitos na vítima. 

Jornal Midiamax