Polícia

Polícia prende em flagrante dupla que furtava gado e vendia carne em Três Lagoas

Espingarda ainda foi apreendida na casa de um autor

Midiamax Publicado em 29/10/2015, às 18h47

None
furto-de-gado.jpg

Espingarda ainda foi apreendida na casa de um autor

Dois homens foram presos na manhã desta quinta-feira (29) na BR-158, próximo ao anel viário de Três Lagoas, suspeitos de furtar gado em fazendas da região. A dupla estava em um veículo com pistas alertas ligados quando foi abordada por uma viatura da Polícia Militar. No carro foram encontrados vestígios de sangue em uma lona de cor amarela, e um dos autores confessou que tinha matado um gado e vendido a carne para supermercado da cidade.

Os policiais suspeitaram da baixa velocidade do veículo no acostamento da rodovia. Durante abordagem, segundo boletim, o condutor, de 45 anos, se mostrou nervoso com a presença da Polícia Militar. Com ele, estava um adolescente de 16 anos, sentado no banco de passageiros do veículo.

O suspeito disse que os vestígios de sangue seriam de uma vaca que teria morrido em uma fazenda, e o mesmo havia trazido a carne aos parentes. Os policiais estranharam o fato, e quando perguntaram novamente, sabendo da existência de crimes de furto de gado na região, o suspeito confessou que teria matado um gado sem autorização do proprietário de uma fazenda, e que juntamente com seu irmão, teriam vendido a carne a um supermercado localizado no bairro Vila Piloto.

Em contato com o irmão do autor, os policiais confirmam o fato, e ainda receberam a informação de que o animal foi abatido com uma arma de fogo do tipo espingarda. O proprietário do mercado confessou a compra da mercadoria. Outra equipe deslocou até a residência do autor e apreendeu a espingarda calibre 36 utilizada no crime.

A carne, sem procedência, foi apreendida e os autores foram presos em flagrante pelo crime de furto e porte ilegal de arma de fogo.

Jornal Midiamax