Polícia

Polícia investiga ‘sedutor’ que teria dado golpe de R$ 200 mil em mulheres

Suspeito teria aplicado golpes durante cerca de cinco meses

Wendy Tonhati Publicado em 11/02/2015, às 19h15

None
depac_centro.jpg

Suspeito teria aplicado golpes durante cerca de cinco meses

A Polícia Civil investiga um jovem de 25 anos, suspeito de aplicar golpes em mulheres de Campo Grande. Pelo menos três vítimas já foram identificadas e o valor do golpe é estimado em R$ 200 mil. Ele se aproximava de mulheres e estabelecia um relacionamento amoroso em que retirava dinheiro das vítimas usando desculpas.

De acordo com o delegado Miguel Said, da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, o caso é investigado há cerca de um mês. A delegacia investiga os casos de duas mulheres, uma de 42 e outra, de 34 anos. A terceira vítima procurou outra unidade policial, mas já foi identificado que se trata do mesmo suspeito.  

Segundo a autoridade policial, o jovem se aproximava da vítima e aparentemente interessado em um relacionamento amoroso, passava a convencê-las a depositar o dinheiro para ele. “Ele falava que fazia curso para polícia. Falava: preciso acertar minha vida e elas acabavam ajudando e depositando o dinheiro”, explica Said. Depois, ele ficava protelando o acerto, mas as iludia, dizendo que pagaria.

A Polícia Civil já apurou que o suspeito aplicou os golpes durante cerca de cinco meses. Uma das vítimas relatou estar noiva dele. Conforme o delegado, outras informações não podem ser divulgadas para não prejudicar as investigações.

O suspeito já foi identificado, mas ainda não prestou depoimento. A expectativa é de que o caso seja concluído até o fim deste mês. 

Jornal Midiamax