Polícia

Polícia confirma autoria de assassinato de filha de PM aposentado

Caio Staut de 19 anos foi preso pala morte de Marielle

Diego Alves Publicado em 21/11/2015, às 22h31

None
11800203_873574302697615_902659744727729212_n.jpg

Caio Staut de 19 anos foi preso pala morte de Marielle

Caio Staut de 19 anos foi preso pala morte de Marielle Vieira de 18 anos. O crime aconteceu na noite desta sexta-feira (20) em uma casa onde ocorria um churrasco no Centro de Ivinhema, cidade a 288 quilômetros de Campo Grande. Ela é filha de um policial militar aposentado, enquanto a mãe trabalha no fórum da cidade.

Inicialmente o jovem de 19 anos e um adolescente de 16 teriam dito que estavam do lado de fora da casa quando ouviram o disparo. No dia do crime, a Polícia Civil encontrou uma cápsula de calibre 38 dentro do vaso sanitário.

Na delegacia, Caio acabou confessando a autoria. Ele disse que estava com a arma, mostrou para a jovem quando fez um disparo acidental. O tiro atingiu a nuca da vítima e transfixou na parte frontal da cabeça de Marielle que morreu no local.

 “Ele jogou a cápsula no vaso sanitário e deu descarga, porém, não adiantou, pois localizamos a mesma e ficou evidente que a cena do crime, não era a mesma primeiramente fornecida por ele, que acabou falando esta última versão”, disse Cavagna ao site Jornal da Nova.

Jornal Midiamax