Polícia

PMA apreende carga de madeira e aplica multa de R$ 14,7 mil em pecuarista

Foram apreendidos 40 palanques

Diego Alves Publicado em 02/10/2015, às 01h49

None
unnamed_5.jpg

Foram apreendidos 40 palanques

Policiais Militares Ambientais de Bonito, 261 quilômetros de Campo Grande, apreenderam uma carga ilegal de madeira da espécie aroeira. A madeira dessa espécie protegida por lei era transportada em um caminhão VW 1200, sem o Documento de Origem Florestal (DOF), que é o documento para o transporte e armazenamento de qualquer produto vegetal.

Foram apreendidos 40 palanques e nove firmes de madeira, bem como o veículo. A carga saiu de uma fazenda em Corumbá e seguia para outra propriedade rural em Porto Murtinho.

O veículo e a carga foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Bonito. O proprietário da madeira, de 45 anos, residente em Bonito foi multado em R$ 14.700,00. Ele responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de um a dois anos de reclusão.

A portaria 83N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da “aroeira” e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.  

Jornal Midiamax