Polícia

Pedreiro é preso por estuprar e abusar das quatro enteadas em Campo Grande

As meninas tinham entre 8 e 13 anos 

Midiamax Publicado em 14/05/2015, às 18h27

None
algemado.jpg

As meninas tinham entre 8 e 13 anos 

Um pedreiro de 27 anos foi preso pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) após ser denunciado por abusar e estuprar as quatro enteadas no Jardim Aeroporto em Campo Grande. As meninas tinham 8, 10, 12 e 13 anos.

De acordo com a delegada Cláudia Angélica Gerei, o homem estava com a mãe das meninas há 5 anos e foi flagrado pelo enteado, de 17 anos, enquanto estuprava a garota de 13 anos. O adolescente contou para a mãe o que viu e foi até a delegacia, acompanhado de uma tia, para denunciar o padrasto.

“Eles denunciaram o caso no início de março e eu pedi a prisão preventiva do suspeito, que foi aprovada ainda no final do mesmo mês”, lembra a delegada. Depois de descobrir que foi entregue à polícia, o pedreiro saiu da casa da família e só foi localizado na última terça-feira (12), quando foi preso por equipes da Depca.

Ainda conforme Gerei, o padrasto chegou a ter conjunção carnal com a enteada mais velha e com as outras praticava atos libidinosos, além de ameaçar as crianças para que não contassem os abusos à família. Em depoimento a mãe das meninas, de 34 anos, relatou que não sabia da violência.

Segundo a delegada, o pedreiro deve ser encaminhado para Estabelecimento Penal de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho nos próximos dias.

Jornal Midiamax