Polícia

Pedestre morre atropelado por motocicleta ao atravessar avenida

O motociclista precisou ser levado ao hospital

Renata Portela Publicado em 27/11/2015, às 10h47

None
atendimento_acidente_-_radio_cacula.jpg

O motociclista precisou ser levado ao hospital

Na noite de quinta-feira (26), por volta das 23 horas, Antônio Francisco de Andrade, de 59 anos, morreu vítima de atropelamento na Avenida Manoel da Costa Lima, no Guanandi. Ele atravessava a avenida quando foi atingido por um motociclista de 23 anos.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, a equipe da Polícia Militar foi acionada para atender o acidente na Avenida Manoel da Costa Lima. No local, em contato com a equipe do Corpo de Bombeiros, os policiais foram informados de que a vítima, Antônio, já havia sido socorrida e encaminhada em estado grave para o CRS (Centro Regional de Saúde) Guanandi.

Segundo informação dos bombeiros, Antônio sofreu parada cardíaca e foi encaminhado ao CRS para que fossem realizados procedimentos de reanimação. O motociclista, de 23 anos, estava no local do acidente e também foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e, posteriormente, levado ao Pronto Socorro da Santa Casa, consciente e desorientado, com fortes dores no corpo.

Em contato com o motociclista, os policiais foram informados que ele seguia pela avenida na motocicleta Honda NXR Bros, preta, placa de Campo Grande (MS), sentido centro/bairro, quando atropelou Antônio, que atravessava a via. Não há informação precisa se a vítima atravessava em faixa de pedestre ou de forma irregular.

Após a colisão, o motociclista sofreu desvio à esquerda e bateu no meio-fio central da avenida. Mesmo após serem realizadas as manobras de reanimação, Antônio não resistiu aos ferimentos e morreu no CRS. O caso é tratado pela policia como homicídio culposo, quando não há intenção, na direção de veículo automotor.

Jornal Midiamax