Polícia

Morador de Ponta Porã que sofreu atentado em 2012 é assassinado em MT

Polícia trabalha com hipótese de assalto e execução

Arlindo Florentino Publicado em 14/05/2015, às 11h35

None
1.jpg

Polícia trabalha com hipótese de assalto e execução

Cristian Silgueiro Peralta, de 34 anos de idade, que em 2012 já havia sofrido  atentado em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã foi morto na última terça-feira (12) na cidade de Santo Antônio do Leverger, distante 36 quilômetros de Cuiabá, em Mato Grosso.

O crime aconteceu por volta das 19 horas quando dois homens armados invadiram a casa de Cristian, supostamente para assaltar. A vítima ouviu ruídos e tentou fugir para uma casa próxima, mas foi atingido por cinco disparos; A arma utilizada foi um revólver calibre 38.

A polícia trabalha com a hipótese de tentativa de assalto mas não descarta também a possibilidade de ter acontecido uma execução.

Os criminosos fugiram em uma motocicleta e foram perseguidos pela polícia. Houve troca de tiros e ainda tentaram fazer um homem refém. Na operação ficou ferido Edvaldo Campos, que teria participado do assassinato. Ele foi encaminhado ao hospital da cidade com vários ferimentos pois foi atingido por alguns disparos.

Atentado

Em 15 de setembro de 2012 homens armados com fuzis M-16 dispararam várias vezes contra o carro, um Corolla com placas de Ponta Porã, no qual estavam Cristian e Evandro dos Santos, em uma rua no centro de Pedro Juan Caballero.

Testemunhas afirmaram na época que foram disparados mais de 30 tiros. Cristian e Evandro conseguiram fugir com alguns ferimentos e foram encaminhados ao hospital. Os atiradores fugiram para o território paraguaio.

Jornal Midiamax