Polícia

Mesmo depois de três anos separada, mulher continua sendo ameaçada por ex

Separação foi causada por agressividade do autor

Thatiana Melo Publicado em 03/11/2015, às 15h03

None
policia_ilustrativa-gw.jpg

Separação foi causada por agressividade do autor

Uma mulher, de 61 anos, continua sendo ameaçada e perseguida pelo ex-companheiro, de 59 anos, mesmo depois da separação ter ocorrido em 2012 por causa do comportamento agressivo do autor.

De acordo com o boletim de ocorrência, o casal teria sido casado por 27 anos, mas se separado em 2012, e que depois disso a vítima nunca mais teve sossego. Segundo relatos da vítima, o comportamento do autor piorou neste ano de 2015 tornando-se mais agressivo.

A vítima relata que o autor já afirmou que se a encontrar com outro homem irá dar um tiro nela, e que o ex-companheiro ao vê-la conversando com qualquer pessoa começa a xingá-la e ameaçá-la de morte.

Ainda de acordo com relatos, o autor passa com frequência em frente a sua residência buzinando e mandando a vítima fazer café para ele. A vítima relatou aos policiais que o autor ameaçou-a caso registrasse boletim de ocorrência.

Jornal Midiamax