Polícia

Mais de 40 galos são apreendidos pela PMA em chácara onde eram realizadas rinhas

Responsáveis responderão por maus-tratos a animais

Renata Portela Publicado em 06/07/2015, às 15h40

None
galo.jpg

Responsáveis responderão por maus-tratos a animais

A PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu, no domingo (5), mais de 40 aves em uma chácara localizada em Sonora, município a 351 quilômetros da Capital. Os animais eram usados para a prática de rinha.

Os policiais receberam denúncia de que no local eram realizadas as brigas de galo. Em verificação, foram encontradas 45 aves da raça índio, com as esporas cortadas e com marcas vermelhas pelo corpo, presas em gaiolas.

O dono da chácara, José Benício Filho, afirmou que era dono de seis aves e confirmou a prática de rinha no local. Os outros galos pertencem a Alberto Fernandes de Oliveira, José Rocha de Lima, o Bibi, José Welliton da Silva Oliveira, o Tim, e Robson Gomes da Silva. Todos os responsáveis foram multados administrativamente e levados para a delegacia de Polícia Civil, onde foram ouvidos. Eles responderão por maus-tratos aos animais.

Jornal Midiamax