Polícia

Laudo do Bope sobre bomba encontrada no local da posse foi encaminhada à perícia

Bomba foi encontrada na manhã da sexta-feira (2).

Wendy Tonhati Publicado em 16/01/2015, às 19h47

None

Bomba foi encontrada na manhã da sexta-feira (2).

Já foi encaminhado ao IC (Instituto de Criminalística) o laudo do Bope (Batalhão de Operações Especiais) sobre a bomba encontrada no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em baixo da cadeira onde, no dia anterior, havia estado o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), no evento de posse do novo secretariado.

De acordo com nota do governo do Estado, o documento do Bope irá auxiliar o laudo a ser expedido pela Coordenadoria Geral de Perícias e que será juntado ao inquérito policial em trâmite no Garras (Grupo Armado de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros).

A bomba foi encontrada na manhã da sexta-feira (2). Segundo informações apuradas pelo Jornal Midiamax, o dispositivo de acionamento da suposta bomba caseira achada no centro de convenções teria sido feito por alguém com um mínimo de conhecimento técnico.

No artefato havia pólvora e bateria, que poderia ser utilizada como fonte de alimentação com capacidade de acionamento de explosivo. A suposta bomba foi construída com duas barras de cano de PVC.

O Garras ouviu o funcionário que achou a bomba dentro auditório do Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, no Parque dos Poderes. O funcionário narrou que estava limpando o auditório quando encontrou o artefato embaixo de uma cadeira e levou para fora do prédio, só depois chamou a polícia. O caso segue em investigação. 

Jornal Midiamax