Polícia

Funcionária de banco é obrigada a entrar em agência e entregar dinheiro a ladrões em MS

Os ladrões pareciam conhecer a rotina do trabalho da jovem

Diego Alves Publicado em 14/04/2015, às 20h56

None
policia_ilustrativa-gw.jpg

Os ladrões pareciam conhecer a rotina do trabalho da jovem

Uma mulher de 30 anos, funcionária da Caixa Econômica Federal de Caarapó, 273 quilômetros de Campo Grande, foi assaltada no momento em que chegava a agência bancária localizada na Rua Dom Pedro Segundo no Centro da cidade, na tarde desta terça-feira (14).

Por trabalhar como correspondente bancária, os ladrões que pareciam conhecer sobre a rotina do trabalho da jovem, perguntaram se ela iria pagar um DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres ).

A vítima disse na delegacia que chegou ao seu local de trabalho, momento em que foi abordada por dois homens que estavam em uma motocicleta.

Um dos autores fez o movimento de pegar a carteira, quando sacou uma arma. Ela foi obrigada a ir até a caixa da empresa, de onde foram levados de R$ 2.750. O caso foi registrado como roubo majorado pelo emprego de arma, na delegacia da cidade.

Jornal Midiamax