Polícia

Foragido por homicídio oferece R$ 15 mil de suborno a policiais para não ser preso

Homem seria foragido da justiça pelo crime de homicídio doloso, cometido em Araçatuba (SP)

Wendy Tonhati Publicado em 18/02/2015, às 16h48

None
suborno_3_lagoas.jpg

Homem seria foragido da justiça pelo crime de homicídio doloso, cometido em Araçatuba (SP)

Um homem de 44 anos foi preso na noite da terça-feira (17), em Três Lagoas, a 356 quilômetros de Campo Grande, suspeito de tentar subornar policiais militares. De acordo com o site TL Notícias, o homem seria foragido da justiça pelo crime de homicídio doloso, cometido em Araçatuba (SP).

Por volta das 20h30, a PM recebeu a denúncia de que um homem foragido estava em um bar da cidade. Os militares foram até o local e abordaram um homem com as características informadas. No começo, o suspeito quis enganar os policiais informando um nome falso, mas acabou revelando o verdadeiro nome e em checagem pelo sistema policial foi constatado que ele era foragido.

O suspeito confessou um homicídio em 2012. O homem contou que tentou matar um homem que fazia parte de uma facção criminosa, mas acabou errando seu alvo e atirou contra a mãe do rival, matando a mulher. Por conta do mandado de prisão em aberto, o suspeito recebeu voz de prisão.

Ainda conforme o TL Notícias, consta no boletim de ocorrência, após os policiais descobrirem que o homem era foragido, o suspeito ofereceu aos policiais R$ 10 mil para que ele não fosse preso.

Os militares alertaram que aquilo era uma tentativa de suborno e que o ato seria relatado no boletim de ocorrência, mas o homem insistiu em tentar subornar os policiais e ofereceu mais dinheiro dizendo que pagaria a quantia de R$ 15 mil.

O suspeito foi levado a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) onde ficou preso em uma das celas e posteriormente foi encaminhado ao Presídio de Segurança Média de Três Lagoas ficando a disposição da Justiça.

Jornal Midiamax