Polícia

FAB confirma que avião encontrado no Paraná é o mesmo interceptado em MS

A suspeita é de que o monomotor era utilizado para o tráfico

Kemila Pellin Publicado em 26/10/2015, às 23h09

None
aviao_encontrado_em_paranavai_2_-_certo_asas.jpg

A suspeita é de que o monomotor era utilizado para o tráfico

A FAB (Força Aérea Brasileira) confirmou que o avião encontrado no Aeroporto Municipal de Paranavaí (PR), na manhã desta segunda-feira (26), tratasse da aeronave interceptada entre os municípios de Mundo Novo e Japorã, na fronteira com o Paraguai, no último sábado (24). Também foi confirmado que as marcas de tiro nas asas do avião Neiva EMB-721C, matrícula PT-EXP, são de armas da FAB.

A Força Aérea explicou que o monomotor foi atingido por não apresentar plano de voo, e ser suspeito de tráfico de drogas. As orientações sobre a interceptação vieram da Defesa Aeroespacial Brasileira.

Interceptação

Moradores de Mundo Novo e Japorã relataram por meio de mensagens de WhatsApp, que uma aeronave não identificada teria sido abatida por uma equipe da FAB (Força Aérea Brasileira), no fim da tarde deste sábado (24) na região. Por volta das 19h30 as primeiras mensagens informavam sobre a queda. 

Depois.s de autoridades brasileiras e paraguaias realizarem buscas pelos locais onde o avião “poderia ter caído”, a Polícia Civil de Paranavaí localizou o monomotor em hangar do aeroporto da cidade. Dentro da aeronave havia apenas o banco do piloto, o que segundo o delegado responsável pelo caso, Carlos Henrique Rossato Gomes, reforça o tráfico de drogas.

Jornal Midiamax