Polícia

Empresário é preso em MS ao tentar liberar carga com R$ 20 mil de propina

Flagrante aconteceu na BR-262, em Três Lagoas

Wendy Tonhati Publicado em 21/05/2015, às 17h37

None
img-20150521-wa0003_1.jpg

Flagrante aconteceu na BR-262, em Três Lagoas

Empresário de 31 anos foi preso na quarta-feira (20), suspeito de oferecer R$ 20 mil em propina a policiais rodoviários federais. O flagrante aconteceu na BR-262, em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a PRF, o homem tentou liberar uma carga de 90 pneus contrabandeados para a empresa  a qual trabalha. O motorista do caminhão que transportava o material também foi preso.

Conforme a PRF, os policiais abordaram um veículo Mercedes-Benz/LA 1113, placas BYD-7041, conduzido por um homem de 35 anos. Foi verificado que o caminhão transportava 90 pneus contrabandeados do Paraguai. O motorista disse que buscou o caminhão em Campo Grande e que iria entregá-lo em Três Lagoas. Para isso, ele receberia R$ 2,7 mil pelo serviço.

No momento em que era feito o boletim de ocorrência, o empresário ligou para a PRF e depois foi até o posto pessoalmente. Ele disse que era empresário no ramo de transportes e que prestava serviço para a Usina de Álcool e Açúcar na região de Aparecida do Taboado. O homem afirmou que os pneus apreendidos seriam utilizados nos caminhões da sua frota e que precisava muito que eles fossem liberados.

Ele ofereceu R$ 20 mil para a equipe PRF liberar o caminhão, a carga e o condutor para seguir viagem. Em seguida, o empresário apresentou R$ 19,3 mil em dinheiro e ofereceu aos policiais. Ele foi preso em flagrante pelo crime de corrupção ativa. A pena é de 2 a 12 anos de prisão.

O condutor foi preso em flagrante pelo crime de contrabando. A pena é de dois a cinco anos de prisão. O caminhão, a carga contrabandeada e os dois homens foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal.

Jornal Midiamax