Polícia

Defurv deve assumir investigações sobre moto encontrada em córrego

Ainda não há informações sobre o proprietário da moto

Midiamax Publicado em 11/10/2015, às 19h22

None
_mg_4405_-_interna.jpg

Ainda não há informações sobre o proprietário da moto

A Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos) deve assumir as investigações sobre a motocicleta encontrada dentro do Rio Anhanduí, próximo ao Parque Ayrton Senna, em Campo Grande, neste domingo (11). Durante está manhã o Corpo de Bombeiros realizou buscas pela vítima do possível acidente, mas nada foi encontrado.

Segundo informações do Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) do Corpo de Bombeiros, na vegetação a margem do rio há marcas do pneu do veículo e também sinais que indicam a retirada de uma pessoa do local, mas nem os bombeiros, nem o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) atenderam ocorrência parecida durante o fim de semana.

Além disso, a motocicleta, a Honda CG vermelha placa HSW-0987, não possui registro de furto, roubo ou qualquer outro tipo de irregularidade e o possível proprietário, em que o nome consta nos documentos do veículo, não foi localizado pelos militares.

Segundo a Polícia Civil, o caso foi registrado como achado de coisa na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, mas deverá ser encaminhado ainda neste domingo para a Defurv, que investigará se houve um acidente ou se a motocicleta foi jogada propositalmente na água.

Jornal Midiamax