Polícia

Com ciúmes, homem mata rival em bar e é agredido por moradores

Suspeito foi encontrado escondido nos fundos de residência

Wendy Tonhati Publicado em 25/06/2015, às 10h03

None
depac_piratininga_-_mj_3.jpg

Suspeito foi encontrado escondido nos fundos de residência

Homem de 36 anos foi morto a facadas no fim da tarde da quarta-feira (24), na Vila Ipiranga, em Campo Grande. Informações preliminares são de que o crime teria motivação passional e o suspeito foi preso após o homicídio.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima identificada como Claudemir Hernandes estava em um bar, na Rua Nove de Julho, quando foi esfaqueada. A Polícia Militar foi acionada para ir ao local e testemunhas disseram que ele já havia sido socorrido por amigos.

Claudemir foi encaminhado ao Hospital Universitário, mas não resistiu ao ferimento e acabou morrendo.  

As testemunhas ainda disseram aos PMs que o suspeito, Domingos da Silva Alves, de 33 anos, estava escondido na própria casa, ao lado do comércio. Os policiais fizeram buscas e o encontraram em uma edícula, nos fundos da residência.

Ao ser preso, Domingos confessou ter dado uma facada em Claudemir e disse que suspeitava de que a vítima tivesse tido relacionamento amoroso com a mulher dele. Na calçada próxima do local foi encontrada a faca utilizada no crime.

O suspeito disse aos policiais que após o esfaqueamento, foi agredido por populares. Ele teve um corte na cabeça, um corte no lábio inferior, uma escoriação no pé e foi encaminhado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Guanandi.

O caso foi registrado como homicídio na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Jornal Midiamax