Polícia

Campeão mundial pelo São Paulo agora sobrevive como manobrista em restaurante

Jura ainda sonha com uma oportunidade de voltar a trabalhar com futebol

Midiamax Publicado em 14/10/2015, às 13h58

None
3qtrnc5pez_8w8woyoccr_file.jpg

Jura ainda sonha com uma oportunidade de voltar a trabalhar com futebol

Integrante do elenco que levou o São Paulo ao título mundial de 1993, Jurandir Fatori, mais conhecido como Jura, hoje vive uma vida bem diferente do glamour dos gramados. Localizado pela reportagem do Balanço Geral, ele atualmente trabalha como manobrista de um restaurante em Piracicaba, interior de São Paulo

Com passagens também pelo Guarani e pelo Flamengo, o ex-jogador admitiu não ter economizado durante o auge da carreira. Para piorar, em 1999, quando defendia a Inter de Limeira, foi pego em um exame antidoping por uso de maconha

Após cumprir suspensão, ele até voltou a jogar bola, mas diz ter sofrido com a desconfiança das pessoas.

Vendo as dificuldades financeiras de Jura, o gerente de restaurante Elvio Fioravante resolveu dar uma chance para o atleta recomeçar a vida profissional. Ele elogia o trabalho do funcionário.

O ex-jogador garante não ter vergonha nenhuma de trabalhar como manobrista, mas não esconde o desejo de voltar ao futebol.

— Não me arrependo de estar aqui, mas preferiria estar de shorts e meião

Em 2014, Jura chegou a trabalhar como técnico do São José, que disputava a Série A2 do Campeonato Paulista. Porém, problemas extra-campo, como falta de alimentação para os jogadores, fizeram com que ele desistisse do trabalho

Mesmo assim, ele ainda quer uma nova oportunidade.

— Adoro ser treinador, pode ser de times profissionais ou de categorias de base. Gosto de organização, disciplina e comando. Se tiver um clube precisando de um profissional, estou à disposição. Não vão se arrepender

Jornal Midiamax