Polícia

Após assalto em comércio na Vila Moreninhas, populares reclamam de insegurança

Moradores relatam que contam com a sorte para denunciar crimes pelo local

Midiamax Publicado em 17/01/2015, às 13h12

None
capaaaa.jpg

Moradores relatam que contam com a sorte para denunciar crimes pelo local

Na noite de sexta-feira (16), por volta das 22h20, um homem invadiu uma farmácia localizada na Vila Moreninhas, região sul de Campo Grande. Ele levou o dinheiro que havia no caixa e pertences de uma cliente que estava pelo local.

O funcionário atendia a última cliente antes de fechar o estabelecimento quando foi surpreendido pelo crime, que ao entrar na farmácia, sacou a arma de fogo e anunciou o crime. O caso foi registrado pela Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, área sul.

A equipe do Jornal Midiamax esteve no local e descobriu que no local é realizado ao menos um assalto por dia. “Aqui a insegurança está terrível. Tem uma delegacia que fecha durante a noite e no fim de semana. Então serve pra que?”, questiona um morador, que prefere não se identificar.

Outro relata que ligar para o 190 do Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) é questão se sorte. “Primeiro você tem que contar a sorte para que alguém atenda, para daí fazer a denúncia, e depois ter ainda mais sorte, para que a polícia apareça por aqui. Alguns preferem ligar para amigos policiais que a denúncia pelo menos vai mais rápido”, denúncia outro morador da região.

“Aqui falta policiamento. A Vila Moreninhas é praticamente uma cidade, porém a estrutura de policiamneto não cresceu na mesma velocidade que o local”, fala um empresário, que também prefiriu não se identificar.

Jornal Midiamax