Polícia

Universitários ultrapassam ambulância durante racha na Afonso Pena e acabam presos

O jovens, de 18 e 22 anos de idade, são acadêmicos de Medicina Veterinária e se envolveram em um acidente minutos após passarem em alta velocidade por uma viatura do Samu. As famílias já acionaram advogados.

Arquivo Publicado em 25/06/2014, às 13h18

None
1086888759.jpg

O jovens, de 18 e 22 anos de idade, são acadêmicos de Medicina Veterinária e se envolveram em um acidente minutos após passarem em alta velocidade por uma viatura do Samu. As famílias já acionaram advogados.

Pedro Henrique Pequim Taveira, de 22 anos, e André Andrade Rosa, de 18 anos, acadêmicos de veterinária, foram flagrados por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que transitava com a viatura pela Avenida Afonso Pena, na ocasião em que eles faziam o racha. O crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (25), por volta das 4 horas.


Os servidores públicos viram quando os veículos passaram pela viatura que seguia pela avenida no sentido Parque/Centro. Logo adiante, um deles perdeu a direção do veículo e se envolveu em um acidente.


Pedro Henrique conduzia a Parati, de cor prata, placas HSG-8637, de Campo Grande (MS), e André, o Renault Sandero, de cor branca, placas HTC-8002, de Campo Grande (MS).


O condutor do Sandero perdeu o controle do veículo e acabou batendo no meio-fio, na esquina com a Rua Padre João Crippa. Com isso, Pedro Henrique deu o contorno na Pedro Celestino, retornando pela Afonso Pena e estacionou o veículo em frente de uma lanchonete fast food.


Pedro Henrique foi ao encontro de André. Com isso, o Samu que já trafegava pela via chegou ao local após acionar o BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito. Eles foram presos em flagrante e encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitária)),  Centro.




Jornal Midiamax