Polícia

Suspeitando de vizinha, homem procura polícia após seu cachorro morrer envenenado

Um morador de Bandeirantes procurou a Delegacia de Polícia local, na manhã desta sexta-feira (11), para registrar uma ocorrência de maus-tratos contra animais, relatando que suspeita de que sua vizinha tenha envenenado seu cachorro de estimação da raça boxer, que teria morrido na manhã desta quinta-feira (10). Conforme o boletim policial registrado pelo comunicante, ele […]

Arquivo Publicado em 12/04/2014, às 00h50

None

Um morador de Bandeirantes procurou a Delegacia de Polícia local, na manhã desta sexta-feira (11), para registrar uma ocorrência de maus-tratos contra animais, relatando que suspeita de que sua vizinha tenha envenenado seu cachorro de estimação da raça boxer, que teria morrido na manhã desta quinta-feira (10).

Conforme o boletim policial registrado pelo comunicante, ele relatou que seu cachorro estava passando mal na manhã desta quinta-feira, tremendo, com as pernas bambas, e que por volta das 9 horas começou a latir, com sofrimento e logo em seguida ficou quieto e morreu.

O comunicante informou à polícia que suspeita de que seu cachorro, que era treinado na lida de gado, provavelmente tenha sido envenenado, porém não soube afirmar quem de fato teria o envenenado, porém suspeita de sua vizinha, a qual ele e sua mulher vêm sendo importunados há algum tempo.

Ainda segundo o comunicante, sua vizinha teria começado a intriga ao inventar fofocas a seu respeito, dizendo que sua mulher teria um amante, tendo outra situação em que ela danificou a rama de chuchu que ele havia plantado na divisa do terreno. O rapaz informou ainda sobre outra situação semelhante que teria ocorrido anteriormente, onde um dos cachorros de seu filho teria aparecido com os pelos queimados com água quente.

Diante dos fatos, a vítima procurou a Delegacia de Polícia local, pedindo providências.

Jornal Midiamax