Polícia

Policial é morto a tiros no Indubrasil e Polícia Militar fecha rodovia para caçar criminoso

O policial militar Rony Mayckon Varoni de Moura da Silva de 28 anos, foi morto a tiros por homens que se aproximaram do carro dele ocupando duas motocicletas na tarde desta terça-feira (3), na BR-262 na região do Indubrasil em Campo Grande. Outro homem que estava com ele também foi atingido, mas sobreviveu e foi […]

Arquivo Publicado em 03/06/2014, às 19h02

None
1821357362.jpg

O policial militar Rony Mayckon Varoni de Moura da Silva de 28 anos, foi morto a tiros por homens que se aproximaram do carro dele ocupando duas motocicletas na tarde desta terça-feira (3), na BR-262 na região do Indubrasil em Campo Grande. Outro homem que estava com ele também foi atingido, mas sobreviveu e foi socorrido.


Mais de 15 viaturas foram acionadas e as duas pistas da rodovia estão interditadas. Ele foi alvejado dentro de um automóvel Saveiro, de cor branca. Segundo informações não confirmadas, quatro pessoas estariam envolvidas no crime e três já foram capturados. Cerca de 20 viaturas e 70 policiais estiveram no local. Há viaturas das polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal.


O último envolvido é procurado por viaturas que fazem buscas pela região e também por um helicóptero. Há rastros de sangue da rodovia até a região da Cidade de Deus. A polícia acredita que o sangue seja do criminoso que ainda está foragido. Um policial civil viu os quatro suspeitos e os abordou. Os adolescentes disseram que estavam tomando banho em um rio e que não possuem ligação com o crime.  


A informação inicial é de que ele teria sido vítima de uma tentativa de assalto. O policial estava com o outro homem em um veículo Saveiro, quando teria sido surpreendido pelos criminosos. Nada que estava no veículo foi roubado. (Matéria editada às 16h41 para acréscimo de informações).

Jornal Midiamax