Polícia

Polícia indicia presa que conseguiu escapar de presídio em MS com atestado falso

A Polícia Civil indiciou uma mulher de 48 anos por uso de documento falso. Márcia Aparecida Arena estava presa no presídio feminino de Três Lagoas e usou um atestado falso de trabalho para conseguir sair do presídio no ano passado. De acordo com nota publicada no site a Polícia Civil, ela nunca mais voltou ao […]

Arquivo Publicado em 28/02/2014, às 21h53

None
38505129.jpg

A Polícia Civil indiciou uma mulher de 48 anos por uso de documento falso. Márcia Aparecida Arena estava presa no presídio feminino de Três Lagoas e usou um atestado falso de trabalho para conseguir sair do presídio no ano passado. De acordo com nota publicada no site a Polícia Civil, ela nunca mais voltou ao estabelecimento penal.


Conforme a nota, no documento, com firma reconhecida em cartório, uma mulher declarou que a presidiária trabalhava em sua casa como babá todos os dias da semana e aos fins de semana e feriados.


O falso atestado foi encaminhado pelo juiz, a 1ª Delegacia de Polícia Civil para que fosse investigado. O delegado responsável pelo caso encaminhou o documento para exame grafotécnico. A mulher que disse empregar a presidiária e a detenta foram ouvidas e entraram em contradição quanto as datas e horários de trabalho.


Márcia está foragida do Presídio Feminino de Três Lagoas desde janeiro do ano passado e informações podem ser repassadas à polícia pelo telefone 67 3919-1500.O caso foi registrado como falsidade ideológica e as duas mulheres responderão pelo crime.

Jornal Midiamax