Polícia

Polícia continua buscas por suspeito de esfaquear colega que dormia

A Polícia Civil continua as buscar pelo suspeito de esfaquear um rapaz, de 19 anos, em um alojamento na cidade de Itaporã, a 225 quilômetros de Campo Grande. Luiz Solis, de 55 anos, conhecido como “Paraguai”, está foragido e apenas a arma usada no crime foi localizada. De acordo com o delegado Ricardo Meirelles, da […]

Arquivo Publicado em 26/08/2014, às 18h49

None

A Polícia Civil continua as buscar pelo suspeito de esfaquear um rapaz, de 19 anos, em um alojamento na cidade de Itaporã, a 225 quilômetros de Campo Grande. Luiz Solis, de 55 anos, conhecido como “Paraguai”, está foragido e apenas a arma usada no crime foi localizada.

De acordo com o delegado Ricardo Meirelles, da 1ª Delegacia de Polícia Civil da cidade, após esfaquear o colega de trabalho Lucas Rodrigues da Silva, “Paraguai” fugiu pelo matagal. “Já entramos em contato com a filha do suspeito, mas ela não sabia nem do paradeiro do pai nem do crime”, relata o delegado.

Ainda conforme o delegado, a arma do crime foi encontrada escondida no trator em que o autor trabalhava. Lucas teve ferimentos no braço, no abdome e nas costas e seu estado de saúde é desconhecido.

O caso

Lucas Rodrigues da Silva, dormia em um alojamento na Fazenda Barro Preto, quando foi atacada por “Paraguai”. Companheiros de trabalho que testemunharam o fato disseram que o rapaz procurou ajuda na sede da fazenda depois de sofrer o atentado. O caso foi registrado como homicídio doloso, quando há intenção de matar, na forma tentada.

Jornal Midiamax