Polícia

Polícia Civil exuma segundo corpo paciente morta após quimioterapia na Santa Casa

A Polícia Civil exumou na tarde desta sexta-feira (8) corpo de mais uma paciente morta após a realização do tratamento de quimioterapia na Santa Casa de Campo Grande. A exumação do corpo de Maria Glória Guimarães, 61 anos, que morreu no dia 12 de julho, foi realizada no cemitério do Cruzeiro, região norte de Campo […]

Arquivo Publicado em 08/08/2014, às 19h47

None
910857174.jpg

A Polícia Civil exumou na tarde desta sexta-feira (8) corpo de mais uma paciente morta após a realização do tratamento de quimioterapia na Santa Casa de Campo Grande. A exumação do corpo de Maria Glória Guimarães, 61 anos, que morreu no dia 12 de julho, foi realizada no cemitério do Cruzeiro, região norte de Campo Grande.


De acordo com a delegada responsável pelas investigações, Ana Cláudia Medina, da 1ª Delegacia de Polícia Civil, a Santa Casa já encaminhou os prontuários das pacientes e as exumações darão informações importantes para a polícia.


“Vamos avançando de acordo com as informações que vamos coletando. Estamos esperançosos para que a exumação colabore para identificação da causa da morte. Há várias possibilidades, mas tem que ver a situação dos corpos, pois são quase 30 dias [das mortes]”, explicou a delegada.


A presidente da comissão de investigação de óbitos da Santa Casa, Priscila Alexandrino, também acompanhou a exumação. Segundo ela, o hospital está colaborando com as investigações e tem total interesse em esclarecer o caso e descobrir o que causou as mortes.


Sobre as falhas encontradas pela polícia nos livros de registros, a Priscila diz que surpreendeu a Santa Casa, mas que não era possível acompanhar minuciosamente o trabalho da empresa, que era terceirizada e possuía governabilidade para decisão.

Jornal Midiamax