Polícia

Dupla rouba caminhonete, tenta atropelar policiais e acaba morta a tiros em confronto

Dois suspeitos morreram ao entrarem em confronto com as equipes da Rocam (Rondas Táticas Motorizadas) e do BChq (Batalhão de Choque), durante a madrugada de ontem. Eles estariam acompanhados por outras duas pessoas e foram os responsáveis pelo roubo de uma caminhonete, Hilux, no bairro Parati – região sul de Campo Grande.  Os mortos foram […]

Arquivo Publicado em 10/03/2014, às 10h35

None
430333839.jpg

Dois suspeitos morreram ao entrarem em confronto com as equipes da Rocam (Rondas Táticas Motorizadas) e do BChq (Batalhão de Choque), durante a madrugada de ontem. Eles estariam acompanhados por outras duas pessoas e foram os responsáveis pelo roubo de uma caminhonete, Hilux, no bairro Parati – região sul de Campo Grande. 

Os mortos foram identificados como Thiago da Silva Botelho, de 21 anos, e Neri Faustino Rodrigo, de 16 anos. Eles chegaram a ser socorridos, mas morreram no hospital. 
De acordo com informações contidas no boletim de ocorrência, por volta das 20h40, a vítima que é motorista e tem 69 anos chegava em casa, na Rua Amilcar Araújo Falcão. Ao parar no portão, ele foi abordado por dois homens armados que anunciaram o assalto. 
Os criminosos levaram o veículo e o caso foi denunciado ao Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança) pelo 190. Por volta da 00h40, militares fizeram rondas pela região e foram informados de que o veículo roubado estava estacionado na Travessa Biju, no bairro Coophavila – região sul da Capital. 
Os policiais fizeram campana no local e durante a madrugada avistaram um Prisma, ocupado por quatro pessoas, que pararam próximo da caminhonete. Dois deles, desceram do automóvel e entraram no veículo roubado, quando foram surpreendidos pelos militares e deram voz de prisão. 
Os ocupantes do Prisma se entregaram. Eles foram identificados como Wescley Ulias Santana, de 30 anos, e uma adolescente de 16 anos. 
Já os que estavam na caminhonete, deram ré e atropelaram um policial. Em seguida, eles abandonaram o veículo roubado e fugiram a pé. A dupla trocou tiros com a polícia. Thiago foi alvejado por duas vezes e o adolescente por três vezes durante a troca de tiros. 
A caminhonete foi recuperada e encaminhada à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga – área sul. Mesmo local onde foi registrado o crime. 
Os dois mortos têm diversas passagens pela polícia, desde roubo, homicídio, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e receptação. Em janeiro deste ano, o bando já havia sido autuado pelo roubo de um outro veículo.
Jornal Midiamax