Polícia

Casal procura a polícia após ter cachorro morto a tiros por guarda em MS

Um casal foi até a Delegacia de Polícia Civil de Iguatemi, município a 466 quilômetros de Campo Grande, após ter seu cachorro morto a tiros por um guarda na madrugada desta segunda-feira (23). Segundo a mulher, de 24 anos, o casal ouviu os tiros durante a madrugada, mas, com medo, não foi ver do que […]

Arquivo Publicado em 23/06/2014, às 14h20

None


Segundo a mulher, de 24 anos, o casal ouviu os tiros durante a madrugada, mas, com medo, não foi ver do que se tratava. Já na manhã desta segunda-feira, se informou com um vizinho que disse que o guarda Francisco Severino da Cruz Filho, de 37 anos, tinha disparado tiros contra o cachorro do casal e que viu o cachorro agonizando com um tiro na cabeça.

O casal relatou não conhecer o guarda que efetuou os disparos. O caso foi registrado como disparo de arma de fogo e praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.



Jornal Midiamax