Polícia

AGORA: Rapaz que matou ex-namorada e confessou no Facebook se apresenta na DEAM

Crime aconteceu em Três Lagoas e rapaz, que já estava com prisão preventiva decretada, se entregou agora há pouco na Delegacia da Mulher, em Campo Grande, acompanhado de um advogado

Arquivo Publicado em 17/02/2014, às 17h50

None
3270787.jpg

Crime aconteceu em Três Lagoas e rapaz, que já estava com prisão preventiva decretada, se entregou agora há pouco na Delegacia da Mulher, em Campo Grande, acompanhado de um advogado

Roberto Dantas da Rocha, acusado de matar a ex-namorada Jociely Pinheiro e que confessou o assassinato no Facebook se apresentou por voltar das 14h40min desta segunda-feira (17) na DEAM (Delegacia especializada em atendimento à mulher) em Campo Grande.

O rapaz chegou acompanhado de um advogado e entrou na delegacia. De acordo com Fábio Leandro advogado do autor do crime, Roberto já está com um mandado de prisão preventiva expedido em Três Lagoas, mas optou por se apresentar em Campo Grande por ter familiares na capital.

Quando questionado sobre o crime, o advogado disse que ainda não está autorizado a falar sobre o assunto e disse que irá conversar com uma das delegadas para aí então falar sobre o assassinato.

O caso

O assassinato aconteceu em Três Lagoas a 338 km de Campo Grande. Durante a madrugada, Roberto invadiu o apartamento de Jociely e a esfaqueou no pescoço.

A jovem gritou por ajuda para seu namorado, Luciano Gomes da Silva, que estava em outro quarto. O rapaz também foi esfaqueado. Ele passou por cirurgia no Hospital Auxiliadora e permanece em observação.

Após ter cometido o crime, Roberto Dantas da Rocha deixou uma confissão no perfil de seu Facebook dizendo que lamentava por ter matado a jovem. Pela mensagem, o relacionamento entre Roberto e Jociely tinha acabado, mas o homem não aceitava a separação.

Veja a declaração na íntegra:

“Me perdoa todos…o que eu fiz nao justifica….mas ela dizia q nao tinha ninguem…e eu cheguei ela estava com outro…me desculpa…eu larguei de minha familia por causa dessa guria…e desde de entap ela brinca comigo…me perdoa…parentes e amigos…nao qro q nin guem va me visitar…a partir de hj…qro ser esquecido ou sei la o q?”

A postagem de Roberto foi curtida e até compartilhada por vários conhecidos que reprovaram e até mesmo duvidaram a princípio da ação cometida. Já no começo da tarde, Roberto comentou a própria postagem com outra mensagem em que diz que irá se entregar e conta que encontrou a ex-namorada com o atual namorado dela, e diz que por isso, ‘não resistiu è emoção’. Veja a outra postagem do rapaz:

“Vocês podem falar o que qserem…já fiz a burrada e sei que sou culpado…mas ame uma pessoa ao extremo e ela te diz que não esta com ni guem… ai vc chega cheio de carinho… e escuta o ruído de outra peessoa na cama com a tal… me julgar pode… agora se ponha em meu lugar… eu vou me entregar e se qserem fazer o q qser comigo… tudo bem…valeu… não sou um montro… so não resisti a emoção…eu perguntei a varias pessoas em torno dela se estava com alguém…ninguem respondeu…interpretei como quis” (sic)

O réu confesso do crime passou a manhã postando no Facebook e acabou não sendo preso pela polícia. A 2ª Delegacia de Polícia de Três Lagoas passou a investigar o crime e descobriu que uma dia antes de matar a jovem, Roberto mandou flores para o trabalho de Jociely e as pessoas que trabalhavam com a vítima relataram que o ex-namorado vinha ameaçando a jovem de morte desde o término do namoro.

A jovem mesmo contando para pessoas próximas sobre as ameaças que vinham recebendo do ex-namorado preferiu não prestar queixa na polícia.

Jornal Midiamax