Polícia

Polícia prevê mais 10 dias para conclusão de laudo sobre morte de presos na Defurv

Está previsto para os próximos dez dias, de acordo com a delegada Maria de Lourdes Cano, titular da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos), o resultado do laudo médico que apontará ao certo a causa da morte dos dois detentos que estavam na cela e foram encontrados mortos na semana […]

Arquivo Publicado em 27/06/2013, às 15h27

None

Está previsto para os próximos dez dias, de acordo com a delegada Maria de Lourdes Cano, titular da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos), o resultado do laudo médico que apontará ao certo a causa da morte dos dois detentos que estavam na cela e foram encontrados mortos na semana passada.


Diego Oliveira Lima, 20 anos e Anderson Santana Martins, 18 anos, foram presos pelo envolvimento ao assalto realizado contra idosos em uma chácara de Terenos, a 27 quilômetros da Capital. Na região eles ainda confessaram mais três crimes e disseram que estavam há algum tempo ‘monitorando’ as vítimas.


Recentemente, o Midiamax divulgou um vídeo no qual Diego, acompanhado de um adolescente de 14 anos, comparsa da quadrilha, gravam um vídeo para para exibir a ‘façanha’ de possuir uma espingarda.


Eles se apresentam como sendo da ‘3ª companhia da infantaria’, carregam a espingarda de calibre 36, miram e atiram no vazio. Em seguida, Diego sopra e entrega a arma para o adolescente. Este se exibe para a câmera.


A gravação, de acordo com a delegada Maria de Lourdes, ocorreu alguns dias após eles invadirem a casa de Kazuo Suzue, 72 anos e Mio Suzue, 65 anos. E, em seguida, na noite do dia 27/04, eles abordaram os idosos Dirce Paulino Fernandes, 76 anos e Saul de Sousa Fernandes, 86 anos.

Jornal Midiamax