Polícia

Caçadores são presos pela PMA com armas em fazenda

Policiais Militares Ambientais de Batayporã (MS) receberam denúncias de que elementos estariam praticando caça em uma fazenda em Nova Andradina, inclusive, com utilização de cachorros. A PMA diligenciou ontem à tarde nas imediações do local da denúncia e encontrou à margem de uma rodovia vicinal, próximo a um canavial, um veiculo Ford F4000, onde estavam […]

Arquivo Publicado em 01/07/2013, às 19h08

None

Policiais Militares Ambientais de Batayporã (MS) receberam denúncias de que elementos estariam praticando caça em uma fazenda em Nova Andradina, inclusive, com utilização de cachorros. A PMA diligenciou ontem à tarde nas imediações do local da denúncia e encontrou à margem de uma rodovia vicinal, próximo a um canavial, um veiculo Ford F4000, onde estavam três homens, com quatro cachorros de caça, da raça americana.


Em busca pessoal, os policiais encontraram um revólver calibre 38, municiado com seis munições, com um dos homens. No bolso dele, ainda foram encontradas mais 10 munições do mesmo calibre. Na vistoria do veículo foi encontrada uma espingarda carabina calibre 22, municiada com 15 munições. Os homens confessaram que estavam caçando, porém, não tinham conseguido abater nenhum animal ainda. As armas não possuíam documentação e foram apreendidas.


Diante do crime de porte ilegal de arma, a Polícia Militar Ambiental deu voz de prisão aos caçadores, residentes em Nova Andradina (MS), que foram conduzidos, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil daquela cidade, onde eles foram autuados em flagrante. A pena para o crie é de dois a quatro anos de prisão.

.

Jornal Midiamax