Polícia

Policiais militares suspeitos de executar jovem se entregam

Os quatro PMs suspeitos de ter envolvimento na morte de um garoto de 16 anos em Guarulhos, região metropolitana São Paulo, no ano passado, se entregaram após terem a prisão decretada. As investigações apontam que o jovem foi executado após uma abordagem policial em março de 2011. Os acusados se entregaram na sede da Corregedoria […]

Arquivo Publicado em 19/04/2012, às 09h15

None

Os quatro PMs suspeitos de ter envolvimento na morte de um garoto de 16 anos em Guarulhos, região metropolitana São Paulo, no ano passado, se entregaram após terem a prisão decretada. As investigações apontam que o jovem foi executado após uma abordagem policial em março de 2011.

Os acusados se entregaram na sede da Corregedoria da PM e foram encaminhados para o presídio Romão Gomes, na zona norte da capital paulista. As informações são do Bom Dia SP.

Segundo o Ministério Público, o adolescente estava com outros três rapazes perto de um campo de futebol quando os policiais apareceram, no dia 17 de março. Dois jovens foram presos por tráfico, um terceiro fugiu e Thiago desapareceu. A mãe dele encontrou o corpo do filho no dia seguinte em um matagal com sinais de execução.

Ela afirmou que um dos policiais suspeitos tinha jurado seu filho de morte 15 dias antes do assassinato. Durante as investigações, os policiais disseram que foram recebidos a tiros pelos rapazes. Afirmaram também que um dos PMs atirou para o alto, e o adolescente fugiu. Thiago já havia sido internado na Fundação Casa em 2009 por suspeita de tráfico de drogas.

Jornal Midiamax