Polícia

Centenas de pessoas ficam presos em cratera aberta em estrada chinesa

Cerca de 400 pessoas ficaram presas em seus veículos neste domingo depois que uma cratera de 70 metros se abriu na estrada que une a província chinesa de Sichuan e o sul do Tibete, informou a agência oficial Xinhua.  Aparentemente as chuvas dos últimos dias provocaram o afundamento do solo, que ocorreu no começo da […]

Arquivo Publicado em 22/04/2012, às 13h40

None

Cerca de 400 pessoas ficaram presas em seus veículos neste domingo depois que uma cratera de 70 metros se abriu na estrada que une a província chinesa de Sichuan e o sul do Tibete, informou a agência oficial Xinhua.


 Aparentemente as chuvas dos últimos dias provocaram o afundamento do solo, que ocorreu no começo da manhã na altura da localidade de Suotong, no condado de Bomi, em um lance que transcorre paralelo ao rio.


A polícia já evacuou as pessoas presas e segundo Zhang Zhanwu, chefe das equipes de resgate, foram necessários 40 agentes, duas escavadeiras e dois caminhões na operação. Em 2010 nessa mesma estrada houve um afundamento de terreno de 800 metros e também foi registrada a queda de uma ponte.


Em outro acidente registrado hoje, segundo a Xinhua, 13 pessoas morreram e outras 12 ficaram feridas no choque de um ônibus procedente de Xangai e um caminhão na estrada que cruza a província chinesa de Jiangsu.

Jornal Midiamax