Polícia

Caçadores de São Paulo são presos com aves abatidas no Pantanal

Três caçadores foram presos ontem durante fiscalização da PMA (Polícia Militar Ambiental) no Rio Aquidauana, em uma região próxima à Fazenda Porto Novo. Os caçadores, que residem em Dois Córregos (SP), estavam em uma embarcação com uma espingarda calibre 22 com 16 munições e três aves pantaneiras da espécie Aracuã abatidas. Os animais, a arma […]

Arquivo Publicado em 17/03/2011, às 17h05

None

Três caçadores foram presos ontem durante fiscalização da PMA (Polícia Militar Ambiental) no Rio Aquidauana, em uma região próxima à Fazenda Porto Novo. Os caçadores, que residem em Dois Córregos (SP), estavam em uma embarcação com uma espingarda calibre 22 com 16 munições e três aves pantaneiras da espécie Aracuã abatidas.


Os animais, a arma e a embarcação com motor foram apreendidas e os caçadores foram conduzidos para a delegacia de polícia civil de Aquidauana, juntamente com o material apreendido, onde eles foram autuados pelo crime ambiental.


A pena é de 6 meses a 1 ano de detenção. Cada autuado foi multado administrativamente em R$ 3.500,00 pelo abate dos animais.

Jornal Midiamax