Polícia

Assassinos de carvoeiro estão presos em Costa Rica

Os quatro acusados de assassinar o proprietário de uma carvoaria na madrugada do dia 03 de janeiro em Figueirão, estão presos, com exceção de um adolescente de 17 anos que já foi liberado. Os assassinos tiraram a vida de Evaldo Borges Carvalho, de 46 anos, para roubar uma camionete GM D20. O crime foi engendrado […]

Arquivo Publicado em 04/02/2011, às 00h25

None

Os quatro acusados de assassinar o proprietário de uma carvoaria na madrugada do dia 03 de janeiro em Figueirão, estão presos, com exceção de um adolescente de 17 anos que já foi liberado. Os assassinos tiraram a vida de Evaldo Borges Carvalho, de 46 anos, para roubar uma camionete GM D20. O crime foi engendrado em um bar da cidade onde os acusados estavam bebendo junto com a vítima.


Leônidas Ferreira Lopes é acusado de ter assassinado Evaldo. Ele assumiu o crime e contou que pediu para o adolescente de 17 anos conseguir uma faca e em seguida foi ao encontro da vítima que dormia no interior da camionete. Ele passou a faca no pescoço do patrão e ainda desferiu diversos golpes no corpo da vítima. Ele fugiu para Costa Rica, atravessou o estado e foi preso na cidade de Alta Floresta (MT).


Outros dois homens são acusados de participação no crime: Marcos Antonio de Alvarenga, de 35, anos e João Feitosa Nascimento. Evaldo morava na cidade de Paranaíba, era casado e pai de três filhos com idade entre 7 e 21 anos.

Jornal Midiamax