Polícia

Polícia prende 11 e desmantela quadrilha de tráfico em MS

Nesta quinta-feira (16) uma operação conjunta prendeu 11 acusados de integrar uma quadrilha de tráfico de drogas em Mato Grosso do Sul. Eles traziam das cidades fronteiriças de Ponta Porã e Corumbá grande quantidade de cocaína, para ser distribuída em Campo Grande e outros municípios do interior do Estado. A operação foi realizada pela Delegacia Especializada de Combate ao Crime...

Arquivo Publicado em 17/12/2010, às 19h10

None

Nesta quinta-feira (16) uma operação conjunta prendeu 11 acusados de integrar uma quadrilha de tráfico de drogas em Mato Grosso do Sul. Eles traziam das cidades fronteiriças de Ponta Porã e Corumbá grande quantidade de cocaína, para ser distribuída em Campo Grande e outros municípios do interior do Estado.


A operação foi realizada pela Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado – DECO, em parceria com a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico – DENAR – e com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO.


Através do cumprimento de mandados judiciais, expedidos através de investigações que apuravam a organização criminosa voltada para trafico de drogas no Estado de Mato Grosso do Sul, 11 integrantes da quadrilha foram presos.


Operação


As investigações tiveram início no mês de junho, quando foram efetuadas duas prisões, em flagrante delito, e apreendidos mais de 16,5 quilos de cocaína.


A quadrilha organizada agia em várias células criminosas, tendo cada célula (membro) uma função previamente determinada, visando dificultar a identificação de todos os envolvidos.


Mesmo assim, os órgãos de repressão policial obtiveram êxito em prender e definir a atuação de cada um dentro da organização, entre fornecedores, transportadores, chefes da organização, guardadores da droga e distribuidores, sendo observado que alguns integrantes continuavam a praticarem os crimes, mesmo estando reclusos no sistema prisional.


De acordo com os levantamentos e informações obtidas durante as investigações, foi possível identificar os seguintes membros da quadrilha:


Com relação ao tráfico e associação para o trafico da rota de Ponta Porã:


– Omar Valhente Arguelho (48 anos), vulgo “Véio” ou “Véinho”. (Função: Fornecedor de Droga);


– Ivan Pereira de Oliveira (27 anos), vulgo “Tatinha” ou “Bruno”, atualmente cumprindo pena no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande Jair Ferreira de Carvalho. (Função: Consorciado e Distribuidor);


– Edson Ferreira de Medeiros (34 anos), vulgo “Edinho” ou “Cabeção”, autuado pela DECO por tráfico de drogas e, atualmente, cumprindo pena por tráfico de drogas, no Instituto Penal de Campo Grande. (Função: Consorciado e Distribuidor);


– Eduardo de Souza Pereira (29 anos), vulgo “Dudu”, cumprindo pena no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande Jair Ferreira de Carvalho. (Função: Consorciado e Distribuidor);


– Carlos Alberto Leite de Moura (45 anos), motorista do ônibus que transportava droga de Ponta Porã para Campo Grande, autado em flagrante pela DENAR e preso na data de ontem (16), por força de mandado de prisão preventiva expedida nos autos que apuram a organização criminosa. (Função: Transportador);


– Adan Lauro Chaves Reche (25 anos), vulgo “Cabelo”, atualmente cumprindo pena no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande Jair Ferreira de Carvalho e preso na data de ontem (16) por força de mandado de prisão preventiva. (Função: Membro da Quadrilha).

Com relação ao tráfico e associação para o tráfico na rota de Corumbá:


– Edson Ferreira de Medeiros (34 anos), vulgo “Cabeção” ou “Claudio”. (Função: Consorciado e Distribuidor) ;


– Rubsthen Justiniano de Arruda (43 anos), vulgo “Rubinho”, atualmente em local incerto e não sabido. (Função: Fornecedor de Drogas);


– Miguel Rivero Yabari (36 anos), vulgo “Torro”, boliviano, recluso no Instituto Penal de Dois Irmão do Buriti e preso por força de mandado de prisão preventiva. (Função: Fornecedor de Drogas);


– Anderson Santos Barbosa (29 anos), vulgo “Tim Maia”, atualmente cumprindo pena Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande Jair Ferreira de Carvalho e preso por força do mandado de prisão preventiva. (Função: Consorciado e Distribuidor);


– José da Silva (38 anos), vulgo “Tartaruga”, atualmente está preso no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande Jair Ferreira de Carvalho. (Função: Membro da Quadrilha – Transportador);


– Gerson Sampaio Júnior (26 anos), atualmente encontra-se recolhido em uma das celas provisórias da Delegacia de Polícia de Miranda (MS), autuado em flagrante por tráfico de drogas (Função: Transportador).


Outros integrantes da quadrilha também foram identificados, mas seus nomes serão preservados visando o bom andamento das investigações.

Jornal Midiamax