Mundo

Moby-dick 'de verdade' é vista nadando nas águas da Jamaica

Estrela da literatura no clássico “Moby Dick” foi avistado na costa da Jamaica por marinheiros de navio-tanque de gás

Kelen Bueno Publicado em 08/12/2021, às 11h57

None
Reprodução

Um animal aquático raro chamado cachalote branco, estrela da literatura no clássico “Moby Dick” foi avistado na costa da Jamaica. No dia 29 de novembro, por marinheiros de navio-tanque de gás. O capitão Leo van Toly, gravou um vídeo do animal perto da superfície da água, enviou a sua companheira de navegação, Annemarie van den Berg diretora de uma organização de preservação das baleias na Holanda. Após a confirmação de que a grande baleia era um cachalote branco, a instituição compartilhou o vídeo em seu Facebook.


Na literatura, romance de Herman Melville, Moby Dick é um temido cachalote branco e caçado pelo vingativo Capitão Ahab, pois ele perdeu a perna para a baleia. O livro é narrado por um marinheiro chamado Ishmael que declarou a famosa frase: “Foi a brancura da baleia que me horrorizou”, ao se referir à sua palidez.


Embora o personagem de Moby Dick não fosse real, cachalotes brancos são reais, um animal com condições de albinismo e leucismo, o que o deixam com a cor branca e afetam a capacidade das baleias de produzirem melanina.


“Não sabemos o quão raros são os cachalotes”, disse Shane Gero, um especialista em cachalotes, no Canadá “Mas eles são vistos de vez em quando.” Concluiu.


Segundo Gero, não é possível termos um número exato desses animais, visto o tamanho do oceano, cachalotes (Physeter macrocephalus) são difíceis de estudar, por serem ariscos e poderem mergulhar nas profundezas do mar por um período longo. “É fácil para uma baleia se esconder, mesmo uma que seja tão longa quanto um ônibus escolar”, disse Shane . “Portanto, mesmo que houvesse muitos cachalotes brancos, simplesmente não os veríamos com muita frequência.”

Outras apararições


Segundo o site hypeness. O último avistamento documentado de um cachalote branco ocorreu em 2015 na ilha italiana da Sardenha. No entanto, também ocorreram avistamentos na Dominica (nas Caraíbas) e nos Açores (no Atlântico) nos últimos anos, disse Gero. É possível que o avistado na Jamaica seja o mesmo da Dominica, mas isso não está claro, acrescentou.

Também há avistamentos ocasionais de baleias brancas entre outras espécies (além das belugas, cuja cor normal é o branco). Uma baleia-jubarte albina chamada Migaloo tem sido avistada com frequência nas águas australianas desde 1991, de acordo com a Pacific Whale Foundation. E em julho, os observadores de baleias no Japão avistaram um par de baleias assassinas brancas, que provavelmente eram albinas, informou a Live Science na época.

Jornal Midiamax