Mundo

Homem é preso após infectar 22 pessoas com coronavírus na Espanha

Ele infectou pessoas no trabalho e na academia que frequentava

Mylena Rocha Publicado em 24/04/2021, às 09h30

Ele fez exame, mas não aguardou o resultado do teste e foi ao trabalho e à academia.
Ele fez exame, mas não aguardou o resultado do teste e foi ao trabalho e à academia. - Foto Ilustrativa/Governo de MS

Um homem de 40 anos foi preso na cidade de Manacor, na Espanha, depois de infectar 22 pessoas com o coronavírus. Oito pessoas foram infectadas depois de terem contato direto com o homem no local de trabalho e na academia que ele frequentava. As outras 14 pessoas foram infectadas indiretamente. 

Conforme informações apuradas pelo El País, o homem foi ao trabalho mesmo estando com 40ºC de febre e ainda andou pelo local sem usar máscara. Ele ameaçou espalhar a Covid-19 para os colegas, segundo a Polícia Nacional de Baleares. 

O homem teria iniciado o surto de coronavírus na empresa depois de ter ido trabalhar mesmo infectado. Os colegas começaram a suspeitar, já que ele estava com uma tosse forte. 

Como não melhorava, ele resolveu fazer um teste RT-PCR. Porém, não ficou em casa de quarentena aguardando o resultado, ele foi ao trabalho novamente e ainda foi à academia. Mesmo com o chefe ordenando que ele fosse para casa, ele se recusou. 

Segundo o El País, o homem ainda teria ameaçado os colegas, andando com a máscara abaixada, tossindo alto e dizendo que iria contaminar a todos. No final, ele acabou infectando o total de 22 pessoas, direta e indiretamente. Depois de passar pelo tribunal, ele acabou solto.

Jornal Midiamax