Mundo

Coreia do Sul autoriza uso emergencial de comprimido contra Covid da Pfizer

Devido a uma série de novas infecções e recordes diários, na semana passada a Coreia do Sul voltou a adotar as restrições de distanciamento rígidos para diminuir o contágio

Maria Eduarda Fernandes Publicado em 27/12/2021, às 13h34

Paxlovid, a pílula da Pfizer contra a covid-19
Paxlovid, a pílula da Pfizer contra a covid-19 - Divulgação

Nesta segunda-feira (27), o Ministério da Segurança Alimentar e Farmacológica anunciou que a Coreia do Sul autorizou o uso emergencial do comprimido da Pfizer contra Covid-19.

Devido a uma série de novas infecções e recordes diários, na semana passada, a Coreia do Sul voltou a adotar restrições de distanciamento para diminuir o contágio.

O tratamento oral antiviral da Pfizer, batizado de Paxlovid, "deve ajudar a evitar uma deterioração grave de pacientes internados em centros de tratamento residenciais ou sendo tratados em casa" ao diversificar os tratamentos contra coronavírus para além das injeções usadas atualmente, disse o ministro da Segurança Alimentar e Farmacológica, Kim Gang-lip, em um briefing à imprensa.

Segundo o site da UOL, O remédio será usado em adultos e crianças de 12 anos ou mais de 40 quilos com sintomas entre suaves e moderados e com risco alto de desenvolver um caso grave de coronavírus devido a fatores como doenças preexistentes.

A solicitação do uso emergencial foi feita no início deste mês.

Jornal Midiamax