Mundo

Personal trainer que duvidou da Covid-19 morre da doença aos 33 anos

O preparador físico e também influenciador digital Dmitriy Stuzhuk, de 33 anos, morreu após complicações relacionadas à Covid-19, segundo informou sua mulher, Sofia Stuzhuk, pelas redes sociais neste último sábado (17). De acordo com a CNN Brasil, o ucraniano era bastante popular no País com o seu perfil no Instagram, de mais de um milhão […]

Renata Fontoura Publicado em 18/10/2020, às 09h47

Na foto, ele estava no oitavo dia após o diagnóstico e havia acabado de voltar para casa | Imagem: Reprodução/Instagram
Na foto, ele estava no oitavo dia após o diagnóstico e havia acabado de voltar para casa | Imagem: Reprodução/Instagram - Na foto, ele estava no oitavo dia após o diagnóstico e havia acabado de voltar para casa | Imagem: Reprodução/Instagram

O preparador físico e também influenciador digital Dmitriy Stuzhuk, de 33 anos, morreu após complicações relacionadas à Covid-19, segundo informou sua mulher, Sofia Stuzhuk, pelas redes sociais neste último sábado (17).

De acordo com a CNN Brasil, o ucraniano era bastante popular no País com o seu perfil no Instagram, de mais de um milhão de seguidores. Na rede social, ele compartilhava dicas sobre condicionamento físico e postava fotos da rotina praticando esportes.

Na última postagem, o rapaz fez um alerta aos seguidores: “também pensei que não existia (o vírus). Até ficar doente”. Na postagem ele conta que estava no oitavo dia após o diagnóstico e que havia acabado de voltar para casa. Aos seguidores, disse que aquela era a primeira vez em que se sentia “entusiasmado” a escrever sobre o assunto.

Stuzhuk contou ter sentido sintomas, como dores no corpo e dificuldades para respirar, durante uma viagem à Turquia, antes de testar positivo para o vírus e retornar à Ucrânia.

Na publicação, ele demonstrou otimismo com a recuperação, dizendo que seu estado era estável e seguiria o tratamento em casa.

Já na perfil de sua esposa, há o anúncio da morte do marido e escreveu que “o coração dele não aguentou”.

Jornal Midiamax